Artigos

R E N A S C I M E N T O

O que é vida?
Um eterno nascer, crescer, morrer e renascer!
Nesta perspectiva, pode-se compreender que o processo da Vida é um constante ciclo de sucessões, as quais somos condicionados a viver, sem que com isto, sejamos excluídos do direito de fazermos escolhas, mesmo que em condições demarcadas.
Estamos passando por um momento de intensas transformações, parece que vivemos imersos em uma máquina, que a tudo tritura, como se nada pudesse estar inteiro, onde a lógica é desconstruir, pouco importando o que será destruído. Em tempos conturbados, somos sujeitados por inúmeros movimentos que sufocam a existências, afinal os infortúnios, parecem mais justificados a serem repartidos, onde a esperança clama e carece avidamente pelo fim da desesperança.
Contudo, a vida é pródiga e incondicional, pois não é um decreto moral, afinal vivemos circunscritos por ciclos, os quais podem ser diminutos, intensos, leves ou pesados, como vivê-los dependerá de nossas percepções e atributos adquiridos ao longo dos ciclos.
Como tudo, em nossa existência, estamos afetos aos ciclos, assim se faz a Vida e diz a tradição, portanto, chegamos a Páscoa, que se define intrinsecamente pela condição da Passagem, passagem esta, que é da Morte para o Renascimento, logo, podemos renascer para o velho ou para o novo, que invariavelmente iremos conscientes ou não, escrevê-lo.
O Instituto Ami deseja que a Nova Páscoa seja próspera e fecunda de alegrias e harmonia, que o Ciclo da Passagem para o Renascimento traga os encontros da solidariedade com a consciência da igualdade entre os desiguais, pois, o que nos faz iguais são exatamente as diferenças, assim o que não nos faz diferentes é exatamente que todos invariavelmente desejam, tão somente, com maior ou menor consciência viver a Felicidade.

Feliz Renascimento para a Vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *