Novidades

Grupo Terapêutico para Pais Adotantes

Ser pais é um trabalho de constantemente questionar-se: estou no caminho certo? Esse é o melhor para meu filho? Estou sendo bom o bastante? Estou dando os limites necessários? Será que meu filho me ama, assim como eu amo ele?

Quando falamos de ser pais adotantes se soma diversas perguntas: Quanto a biologia do meu filho interfere na sua personalidade? O quanto meu jeito de criar influencia? E se eu não for chamado de pai ou mãe? Será que ele se pergunta dos pais biológicos? Devo contar sobre a adoção? Como contar? Este novo integrante quer pais como eu quero um filho? Vão julgar meu filho por ser adotivos? Vão me julgar por ter adotado?

Todos esses questionamentos, muitos sem resposta certa, geram muita angústia. E o grupo terapêutico é uma forma de poder compartilhar com pessoas que passam pelo mesmo tipo de experiência e juntos dar novas significações.

Aceitar a condição de pais adotivos implica elaborar uma série de fantasias, crenças, valores, desejos e expectativas com relação à parentalidade. Esse processo de elaboração irá refletir na maneira como os futuros pais irão construir seu lugar e encarar sua nova família, que permitam a elaboração do filho não-nascido das próprias entranhas, mas concebido simbolicamente e adotado pelos laços de ternura. É muito importante que a experiência de adoção possa se dar em um processo de estabilidade que pressupõe algumas linhas de continuidade do novo lar. A adoção será um processo positivo para a criança ou o adolescente se, efetivamente, a nova família puder se sustentar como suficientemente boa, ou seja, se conseguir se identificar com as necessidades do novo ser inserido no seio familiar. E o espaço da psicoterapia para pais é mais uma ferramenta capaz de fornecer recursos para estes pais durante este processo de vinculação tão complexo e importante.

A coordenadora deste grupo terapêutico, será a Psicóloga Pâmela Ami, que é especialista em Psicoterapia de Orientação Psicanalítica de Infância e Adolescência e em Psicanálise das Configurações Vinculares (Casal e Família), com ampla experiência em Adoção.

Vamos juntos vivenciar este lindo momento de ampliar a família?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *